• Alexandre Almeida

Extraterrestres existem, afirmou ex-chefe da Segurança Espacial Israelense



Em entrevista para o jornal americano “The Jewish Press”, o Prof. Haim Eshed, ex-chefe da segurança espacial de Israel, afirmou que o governo dos EUA e de Israel mantém relações diplomáticas com civilizações extraterrestres, tendo como base secreta, um local no subsolo do planeta Marte.


Prof. Haim Eshed. Credito: Dana Koppel


Dono de um extenso currículo, o ex-tenente-coronel das forças de defesa israelense chefiou a Diretoria do Programa Espacial dentro da Administração para Pesquisa, Desenvolvimento de Armas e Infraestrutura Tecnológica do Ministério da Defesa, que é responsável pelo programa espacial de segurança de Israel, recebeu três Prêmios de Segurança de Israel concedido a indivíduos ou entidades que contribuíram para aumentar a segurança do Estado de Israel.

Resumo da carreira


Em 1969, Eshed foi enviado pelas Forças Armadas para fazer um doutorado em engenharia aeronáutica nos EUA. Quando ele voltou, foi nomeado chefe da pesquisa e desenvolvimento departamento do corpo de informação. Após essa atuação, ele se tornou tenente-coronel. No final do seu serviço militar, foi então contratado como professor no The Technion - Instituto Israelense de Tecnologia, e em 1981 estabeleceu e se tornou o primeiro diretor do Programa Desafio (MTA), uma unidade de Pesquisa, Armas de Desenvolvimento e Infra-estrutura Tecnológica Unit (mapat) no Ministério da Defesa responsável pelos projetos de satélite. Neste período também comandou pesquisas de seu país sobre a vida fora do planeta. Em 2011, ele renunciou ao cargo no Ministério da Defesa, como parte do qual foi responsável pelo lançamento de 20 satélites.


Declaração polêmica


No inicio de sua carreira na área tecnológica, o jovem Eshed foi chamado de louco, por querer lançar satélites no espaço, hoje, após várias contribuições e premiações, é considerado guru de satélites.

Agora em 2020, o professor chama a atenção do mundo fazendo com que alguns questionem novamente sua sanidade mental ao afirmar que existe vida fora da Terra e que governos como o do EUA e Israel mantém contato diplomático com estas civilizações, a qual chamou de "Federação Galáctica".


Eles não são somente "verdes e baixinhos"


"Há um acordo entre o governo dos EUA e os alienígenas. Eles assinaram um contrato conosco para fazer experimentos aqui. Eles também estão pesquisando e tentando entender toda a estrutura do universo, e eles nos querem como ajudantes", afirmou o professor em entrevista ao jornal Yediot Aharonot.


Segundo o professor, extraterrestres de alta patente disseram que vão continuar pesquisas na Terra e que não se revelam pois a humanidade não está preparada. Segundo o mesmo, Donald Trump sabe da existência deles e acredita que ele não foi reeleito porque estava prestes a anunciar a existência deles.



183 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba nossas atualizações

  • Facebook

© 2020 por OlharNews