• Alexandre Almeida

Planta sobrevive em garrafa de vidro fechada sem adição de água desde 1972

Atualizado: 27 de Nov de 2020

Microecossistema


Foto: Reprodução/Daily Mail


Se você duvida que o poder autossuficiente da natureza pode fazer crescer, se multiplicar e se reproduzir, então você pode estudar diferentes florestas, animais e plantas do mundo, ou simplesmente olhar para uma garrafa específica. Em 1960, o britânico David Latimer decidiu tentar criar um pequeno jardim em uma garrafa de vidro. Desde então, seu jardim portátil permaneceu verde, cheio de vida e devidamente fechado no frasco. No entanto, o detalhe surpreendente é de admirar: a última vez que Latimer regou as plantas foi em 1972!

No domingo de Páscoa de 1960, ele colocou composto cheio de terra (já preenchido com ácido sulfúrico) em uma garrafa e cuidadosamente "plantou" mudas de Tradescantia.

"O papel da garrafa é como uma versão em miniatura do que está acontecendo no planeta Terra"

Foto: Reprodução/Daily Mail


O inglês garantiu que teve essa ideia a fim de encontrar um propósito para bela garrafa e então decidiu fazer uma experiência. 57 anos depois, seu jardim permaneceu saudável e autossuficiente, e ele cresceu perfeitamente sozinho.

Na garrafa lacrada, a planta não mudou nos primeiros doze anos. Em 1972, Latimer decidiu abrir a garrafa pela primeira vez para adicionar mais água ao pequeno ecossistema que se formava. Com o passar dos anos, o único evento externo foi a luz solar - isso permitiu que as plantas fizessem fotossíntese, crescessem, liberassem oxigênio e aumentassem a humidade dentro do recipiente de vidro.


Ciclo renovado


Essa umidade atua como uma espécie de "chuva" na garrafa. As bactérias atuam nas folhas caídas para liberar o dióxido de carbono necessário, só que o ciclo se completa. O papel da garrafa é como uma versão em miniatura do que está acontecendo no planeta Terra, mas com uma grande diferença: sem a interferência humana. Portanto, essa comparação é absolutamente confiável: se os humanos não intervirem, então, mesmo nos lugares mais desolados, a natureza pode fazer o seu melhor para continuar lindamente.

294 visualizações0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Facebook

© 2020 por OlharNews